Linkedin Sapo Vídeos

 
Marconi em Portugal
Home | Marconi em Portugal
 
Marconi em Portugal – uma rede mundial de comunicações
Em 1895 o inventor italiano Guglielmo Marconi conseguiu, pela primeira vez, estabelecer comunicação à distância por ondas radioeléctricas. Com esta descoberta nasceu a telegrafia sem fios (T.S.F.) que depressa conquistou espaço privilegiado na rede internacional de telecomunicações. Tendo partido para Inglaterra em 1896 para reunir apoios em torno da sua invenção, Marconi fundou em 1897 a primeira empresa que deu lugar ao estabelecimento de circuitos por todo o Mundo, unindo os cinco continentes através das radiocomunicações. Da Terra Nova a Sydney, do Rio de Janeiro a Lisboa, de Londres a Nova Deli, as primeiras décadas do século XX assistiram ao cruzamento das ligações globais concebidas pela inovação de um jovem entusiasta, galardoado com o Prémio Nobel da Física em 1909.

Em 1912 foi assinado, entre o governo português e a sociedade Marconi, o primeiro contrato de construção da rede mundial de TSF do País. As dificuldades financeiras da época, somadas à eclosão, dois anos mais tarde, da I Guerra Mundial, fizeram adiar esta construção para a década de 20. Um segundo acordo, obtido em 1922, esteve na origem da instalação da Marconi em Portugal pela constituição de uma empresa nacional. Nasceu assim, em 1925, a Companhia Portuguesa Rádio Marconi.

No fim de 1926, a Marconi portuguesa abriu os primeiros circuitos mundiais e no ano seguinte já mantinha ligações regulares com múltiplos destinos como Londres, Berlim, Rio de Janeiro ou Paris. Em pouco tempo, a teia de T.S.F. portuguesa chegava a quase todo o globo e com ela a génese da modernização do sector das telecomunicações.

Reúnem-se aqui alguns do principais acontecimentos que se tornaram notícia, motivo de debate político ou de curiosidade científica nos primeiros anos de vida das comunicações sem fios, destacando as principais figuras que animaram a nova tecnologia em Portugal, a começar pelo seu protagonista, Guglielmo Marconi.

Voltar    Imprimir Topo 
Programa Operacional da Cultura Copyright © 2007 Fundação Portugal Telecom - All rights reserved