Linkedin Sapo Vídeos

 
Home | Imprensa | Detalhe
 
Marconi em Portugal – o nascimento de uma rede mundial
23-05-1912
"Os nossos visitantes. Guilherme Marconi chega a Lisboa", in O Século, n.º 10 936, de 23 de Maio de 1912, p.1.

“Chegou ontem a Lisboa o célebre inventor da telegrafia sem fios, Guilherme Marconi, cuja visita a esta cidade fora anunciada nos telegramas recebidos de Madrid.
O homem de ciência, que é uma glória incontestada da Itália, e não menos incontestável glória da humanidade, pelos serviços que lhe prestou o seu invento, recebeu, ao descer do rápido proveniente da capital do país vizinho, uma intensa e calorosa manifestação como raras vezes ou nunca aqui foi prestada a um pioneiro da ciência.
(...)
O que dirá Marconi na sessão de hoje na Sociedade de Geografia
- Quais os pontos sobre que versará a sua conferência de amanhã (hoje) na Sociedade de Geografia?

- Eu não faço conferência alguma na Sociedade de Geografia, tanto mais que não trago aparelhos que me permitam a demonstração necessária da minha exposição. É uma simples visita que faço a essa colectividade e quando muito, respondendo a qualquer alocução, o que é mesmo provável, referir-me-ei às modificações ultimamente introduzidas na telegrafia sem fios.
Será talvez uma palestra despretensiosa em que prestarei homenagem aos precursores da telegrafia sem fios, os que desvendaram as ondas eléctricas. Depois, é natural, indicarei os melhoramentos introduzidos no meu invento depois de 12 anos de experiências, melhoramentos assegurados por consecutivas patentes.
- Quais as mais recentes novidades que Marconi apresentará à Sociedade de Geografia?
- As minhas duas últimas patentes e que constituem comunicações a essa agremiação referem-se: 1.º à rapidez da transmissão do radio-telegrama. É um caso importantíssimo, como deve calcular. Anteriormente nenhum aparelho podia transmitir mais de dez palavras por minuto. Hoje, com a modificação introduzida, podem no mesmo prazo de tempo transmitir cinquenta palavras. (...)”

Voltar    Imprimir Topo 
Programa Operacional da Cultura Copyright © 2007 Fundação Portugal Telecom - All rights reserved